sábado, 22 de dezembro de 2012

Entrevista com o volante Rodolfo (1993)

Muitos ainda não conhecem, mas no Flamengo, tem um jovem volante nascido em 1993 chamado Rodolfo. Canhoto e com bom chute, o jogador é mais um buscando espaço no Flamengo, já que chegou esse ano, depois de passar por Madureira e Inter. Curiosidades, histórias, e tudo sobre a vida profissional de Rodolfo Almeida você confere abaixo, com exclusividade.

Primeiro de tudo obrigado por topar conceder essa entrevista, é uma honra estar falando aqui com você... iniciando, fala um pouco da sua carreira até então, obstáculos, aprendizados, barreiras..

R: sim , comecei no Madureira em 2008, em 2010 fui pro Inter, fiquei um ano e meio lá, e depois da taça São Paulo de 2012, vim pro Flamengo, onde estou até hoje graças a Deus.


Você chegou no Flamengo com um grupo já formado, e vitorioso.. um grupo que conquistou a taça Sao Paulo em 2011 e OPG em 2012, mas mesmo assim virou titular.. como foi pra conquistar seu espaço tão rapidamente?

R: trabalhei bastante, vi que o time tinha uma bagagem boa, sendo campeão da taça São Paulo e da OPG , e que não ia ser facil conseguir uma vaguinha lá, trabalhei bastante e graças a Deus abriu um espaço e tive a oportunidade, agarrei com força e estou ai ate hoje.


E você teve uma experiencia no Inter, além do Madureira.. conta um pouco da sua trajetoria antes do Flamengo..

R: Tive uma experiencia boa no Inter sim, cheguei lá, consegui meu espaço rapidamente, fui duas vezes campeão gaucho e campeao da Punta Cup (campeonato no Uruguai), mas depois tive uma lesão no adutor, fiquei um pouco pra segundo plano lá e pintou uma chance pra voltar a jogar no Rio e no meu clube do coração, ai não pensei 2 vezes e vim correndo.


Em um ano no Flamengo, você já conquistou a taça OPG e fez uma boa taça BH, fazendo até muitos gols.. qual é a importancia disso tudo pra você, que chegou em 2012 no Flamengo, e principalmente para o grupo, que busca um espaço nos profissionais?

R: é muito importante na minha carreira, cheguei gracas a Deus, fiz um bom campeonato fazendo gols pra ajudar a equipe e na OPG a mesma coisa , claro que busco sim chegar ao meu objetivo, um sonho de menino jogar pelo Flamengo profissionalmente, mas estou trabalhando bastante na base pra quando ter um espaço no profissional ir bem e conseguir desenvolver meu melhor futebol.


Você está emprestado ao Flamengo até Março do ano que vem. Depois dessa data, como imagina sua carreira e como quer que ela esteja?

R: estou a espera de uma renovação no Flamengo, caso não aconteça, fazer o que, mas se Deus quiser vai dar tudo certo e ainda vou poder dar muitas alegrias a esssa torcida.


Mudando de assunto um pouco, o Flamengo tá começando a valorizar a base agora, subindo alguns jogadores formados na Gavea.. como você, dentro do Flamengo, encherga isso?

R: acho muito bom, sempre é bem vinda uma olhada pra base, pois sempre tem alguém se destacando e é bom eles chamarem alguém, pelo menos pra treinar entre os profissionais.


Você, apesar de jovem, é muito rodado.. quais são os pontos positivos e negativos dessa rodagem?

R: fui criado em um futebol mais, duro mais porrada, e aprendi a cair menos , fiquei longe da família, que no começo foi muito difícil, já que nunca tinha ficado longe deles, e quando eu tive essa lesão, ficava pensando muitas coisas, as vezes queria ir pra casa e não voltar. Essa lesão foi muito difícil pra mim, o que mais temia era não voltar na melhor forma.


Como seria um 2013 perfeito?

R: em Janeiro campeão da Taça São Paulo e eles me chamando pro profissional e depois sendo campeão do Rio com profissional , e depois do Brasileirãoseria perfeito, um sonho.


"imagino uma estréia muito boa nos profissionais, fazendo gols e comemorando com a torcida do Flamengo."

"podem esperar que eu lute bastante pela nação rubro negra, com muito vontade e um futebol alegre."


3 comentários:

  1. Rodolfo o melhor jogador da base do flamengo, torço por ele.. Espero ve-lo no profissional ..

    ResponderExcluir
  2. Esse garoto ainda vai da muitas felicidades para essa nação , renova logo, nao podemos perde uma peça dessa ! torço pelo garoto!

    ResponderExcluir